22jul
2017
0

Beto Carreiro World com crianças, dicas e sugestões.

O Beto Carreiro é o maior parque temático da América Latina, inaugurado em 1991, hoje é um dos lugares mais procurados para passeios com crianças em todo o Brasil.

Localizado na cidade de Penha em Santa Catarina, com mais de 100 atrações, foi o destino que escolhemos passar nossas férias de Julho este ano.

Sem muito planejar, criamos um grupo de amigos interessados pelo mesmo destino e fizemos a viagem acontecer.

Fomos em 11 pessoas, sendo 7 adultos e 4 crianças. Nossas crianças: Letícia (1 ano e 11 meses), Matheus (2 anos e 10 meses), Lucas (3 anos) e Isabela (6 anos), a diversão foi garantida para todo nós, pois o parque proporciona diversão para todas as idades e é claro que nossas crianças foram o brilho do nosso passeio.

Transporte e hospedagem

Para quem embarca no Aeroporto de Guarulhos, uma dica valiosa e que muitos não sabem é que existem estacionamentos próximos ao Aeroporto com diárias a R$10 e oferecem traslado gratuito para o aeroporto, nós estacionamos no Aeropark. O valor da diária do estacionamento interno do aeroporto de Guarulhos varia entre R$ 45 a R$55.

Embarcamos no Aeroporto Internacional de Guarulhos-SP e desembarcamos no Aeroporto Internacional de Navegantes-SC.

Escolhemos nos hospedar no Hotel Atobá em Balneário Camburiú (que fica a 33km do aeroporto e  37Km do parque), assim poderíamos ampliar nosso passeio e conhecer mais pontos turísticos da região garantindo mais diversão para todos nós. Optamos por não alugar carro e contratamos o traslado da CVC (Aeroporto/Hotel, Hotel/Parque, Parque/Hotel e Hotel/Aeroporto), valeu muito a pena, considerando que um dia inteiro viajando ou depois de um dia inteiro no parque, finalizamos o dia exaustos e sem disposição para dirigir.

Para os demais passeios a opção mais confortável e de baixo custo foi o serviço do Uber.

Parque Beto Carreiro

O Parque abre as 09:00h e fecha as 18:00h.

O melhor dia para visitar o parque é sem dúvidas de Segunda à Sexta e fora de temporada. Assim é possível encontrar o parque mais vazio podendo aproveitar mais as atrações sem perder muito tempo em filas.

Se para você, for inevitável visitar o parque em finais de semana, feriados ou em alta temporada, uma dica é o Fast Pass, uma pulseira vendida a parte que permite ter prioridade nas filas em 16 atrações. O valor desta pulseira pode variar de R$84 a R$ 104 por pessoa.

Logo na entrada do parque é distribuído um mapa do parque para que você possa se localizar e ficar por dentro das atrações e horários dos shows, não deixe de pegar, isso o ajudará bastante ao longo do dia.

Crianças de até 3 anos e aniversariante do dia não pagam ingresso.

A maioria dos brinquedos são liberados para pessoas acima de 80 cm, logo que você entra no parque, depois das catracas tem um local para medir altura das crianças.

Não é permitido entrar com comidas e bebidas no parque, mas também não há ninguém revistando bolsas e mochilas. Nós levamos lanchinhos e água na bolsa para minimizar a fome durante as filas e não tivemos problemas, vimos muitas outras famílias fazendo o mesmo.

O Parque oferece uma ótima infra-estrutura com restaurantes, lanchonetes, sorveterias, cafeterias, banheiros espalhados por todo o parque, fraldário, farmácia, ambulatório, caixas eletrônicos 24h, lojas, guarda-volumes, etc.

Dicas para quem estiver acompanhado de crianças menores de 4 anos

Leve carrinho de bebê ou alugue logo na entrada. O parque é muito grande e a caminhada é intensa ao longo do dia. As crianças ficam cansadas e em algum momento vão precisar de um carrinho ou um braço amigo para carregar a criança no colo e evitar que o passeio termine antes do previsto. Nós levamos o carrinho e não tivemos nenhum problema na hora em andar nos brinquedos, o carrinho permitiu até o soninho da tarde do nosso pequeno para recarregar as energias e continuar o passeio.

O aluguel do carrinho dentro do parque é R$50.

Recomendo levar uma mochila confortável para carregar nas costas, com roupas para trocas, capa de chuva um lanchinho para as filas demoradas e água. Se o dia estiver ensolarado, não se esqueça do protetor solar e um boné para se proteger do sol.

Atrações

Aproveitamos o guia turístico da CVC para conhecer o parque contra o fluxo de pessoas e realmente praticamente não pegamos filas nos primeiros brinquedos.

Carrossel

A primeira parada foi no carrossel que fica dentro da praça de alimentação, ele é todo iluminado e tem dois andares é simplesmente encantador, os adultos podem andar também as crianças amaram.

Raskapuska

Para quem conheceu o Playcenter em São Paulo, eu diria que é igual ou o mesmo que a “Montanha encantada”, um passeio de barquinho que navega por entre bonecos animados em variados temas com uma música que acompanha o movimento dos bonecos, ao final tem uma leve queda na água muito divertida para as crianças e não chega a molhar quem está dentro do barquinho.

Baby Elefante

Os elefantinhos voadores giram numa velocidade reduzida e tem um botão interno que as crianças apertam e controlam a altura de seu vôo. Muito divertido para crianças pequenas.

DumDum

As crianças acham divertido e super radical, uma montanha russa para crianças pequenas em formato de jacaré, foi o brinquedo favorito do nosso pequeno que nos fez repetir 3 vezes.

Crazy River

Uma Aventura no bote pelas corredeiras do crazy river de Madagascar, são no máximo 8 pessoas por bote, altura mínima de 80cm, crianças sentam-se ao lado de um responsável adulto, não é permitido ir no colo. Muito divertido para todas as idades, dependendo do lado que você se sentar no bote, você pode se molhar bastante, por isso é interessante ir com capa de chuva ou ter uma troca de roupa para depois do brinquedo, caso não queira ficar andando molhado pelo parque depois desta atração.

Excalibur

Show medieval com cavalos e cavaleiros que acontece durante o almoço. Na arquibancada equipada com bancos e mesas, um prato feito é servido com arroz, fritas, iscas de carne, coxa de frango, cenouras e brócolis, não é uma comida deliciosa mas dá pra matar a fome.

Apesar de eu ter adorado a apresentação, classificaria apropriado para maiores de “12 anos” e não colocaria classificação “livre” como no informativo do parque, pois possui cenas muito fortes de lutas. Apesar do meu pequeno ter se divertido muito na apresentação que é animada, com a platéia participando com palmas ritmadas, grito de torcida e aplausos. Se soubesse antes como era a apresentação, certamente não teria levado meu filho de 3 anos, deixando para uma próxima oportunidade quando ele estivesse maior.

O show tem duração aproximada de 50 min, podendo escolher entre três sessões 12h, 14h e 18h.

O Valor da Apresentação com almoço incluso é de R$65 para pessoas acima de 10 anos, R$49 para crianças de 4 a 9 anos, crianças menores de 3 anos não pagam.

Alguns agentes de viagens vendem ingresso para este show antes da entrada do parque e nos pressionam a comprar alegando que essa apresentação é imperdível e muito disputada, que os ingressos esgotam rapidamente e que vale a pena por ter o almoço incluso e blá blá blá, os agentes aceitam apenas dinheiro.

Nos sentimos enganados pelos agentes, quando vimos funcionários espalhados por todo o parque vendendo o mesmo ingresso, pelo mesmo preço com a diferença que a forma de pagamento poderia ser em dinheiro, débito ou em até 5 vezes no cartão de crédito.

As bebidas devem ser compradas antes da apresentação, ficamos com as fichas e lá dentro os garçons trazem as bebidas em troca das fichas. Eles não vendem bebidas lá dentro.

Ferrovia DinoMagic

Um passeio que percorre 5Km de trenzinho por dentro de uma área preservada da Mata Atlântica, com trilha sonora e narração lúdica dos personagens do Betinho Carreiro ao longo do trajeto. Podemos observar macacos na ilha, esculturas de animais gigantes no meio da floresta, como répteis, dinossauros e aves. Num momento do trajeto uma encenação de atores a cavalos numa história de vilões e o herói Beto Carreiro. No final o trenzinho entra num túnel escuro e o som fica alto e abafado podendo ser assustador para as crianças. Sabendo disso, aconselho uma lanterna para quem ter pavor de escuridão total. Tirando esse desconforto no final, o passeio foi bacana e tranquilo.

Fotos com personagens

Existem personagens espalhados pelo parque inteiro para fazermos boas fotografias de recordação, tem também personagens vivos que aparecem em determinados lugares e com hora marcada, é bom ficar atento e chegar alguns minutinhos antes do horário marcado, assim você não enfrenta fila demorada. Tivemos essa sorte com os personagens Betinha e Betinho Carreiro. Fomos os primeiros a tirar foto com os personagens e em minutos a fila se formou e ganhou muitos metros de comprimento.

Show “O sonho do Cowboy”

Um deslumbrante musical em pleno Velho Oeste, conta a história de um menino que sonhava em ser herói. O espetáculo é composto de um elenco enorme, coreografias e canto ao vivo com direito a participação especial de cavalos em cima do palco, muito bem treinados, interação dos atores com a platéia durante a troca de cenário, é um espetáculo encantador.

Horário da apresentação 18h com duração de 50 min aproximadamente. É um pouco cansativo para as crianças por ser uma apresentação longa e no final do dia, mas vale a pena assistir, é espetacular!

Alguns preços no Parque em Julho de 2017

Ingresso Criança (de 4 – 9 anos) R$130

Ingresso Integral (de 10 – 59 anos) R$140

Ingresso Sênior (acima de 60 anos) R$77,50

Fast Pass R$84- R$104

Show Excalibur + almoço (de 4 – 9 anos) R$49

Show Excalibur + almoço (de 10 – 59 anos) R$65

Água de garrafinha R$5

Combo (Lanche+Fritas+refrigerante) R$23 – R$37

Restaurante por Kilo, média R$65/Kg

Aluguel de carrinho de bebê R$50

Estacionamento R$50

Espero que tenham gostado do post e se animem para programar suas próximas férias! Afirmo que será diversão garantida!

No Comments

Reply